Como preparar sua construção para energia solar?

Como preparar sua construção para energia solar é uma dúvida comum de várias pessoas que estão na dúvida sobre instalar ou não no imóvel.

Inegavelmente, a energia solar é uma das formas de energia sustentável que mais combina com o clima brasileiro. No entanto, preparar sua construção para energia solar pode ser um desafio.

A escassez de empresas especializadas no assunto faz com que muitas construções não tenham energia solar. Pois, os donos do imóvel e os eletricistas não sabem como fazer essa alteração para promover a eficiência energética de forma limpa.

Se acaso essa é a sua dúvida, o post de hoje pode te ajudar. Entenda qual o passo a passo para ter energia fotovoltaica na sua construção. Confira!

Qual a origem da energia solar na construção?

Talvez você saiba, talvez não, mas a procura por uma forma de energia que utiliza a luz solar não é algo novo.

De acordo com os especialistas no assunto, a energia fotovoltaica começou a ser planejada em 1839.

Na época, o físico francês Alexandre-Edmond Becquerel descobriu o efeito fotovoltaico.

Em outras palavras, Becquerel entendeu que a corrente elétrica poderia ser produzida em alguns materiais quando expostos à luz solar.

A partir dessa descoberta foi possível chegar à base dos conceitos da energia solar que faz parte das edificações dos dias atuais.

Quais são os pontos positivos da construção com quadro de energia solar?

dois homens conversando sobre como preparar sua construção para energia solar

Ao decidir que a sua construção terá energia fotovoltaica você ajuda o planeta e ainda pode lucrar muito com essa atitude.

Verdade seja dita, várias partes do país possuem incentivos para quem opta por energia sustentável e limpa no seu projeto residencial ou comercial.

Contudo, optar pela energia solar vai muito além de uma redução na tarifa da conta de luz.

Só para ilustrar, esses são alguns dos pontos positivos que uma edificação com painel solar pode obter.

Valorização da propriedade

Seja para viver com a sua família, seja para ter uma renda passiva com aluguel, a verdade é que um imóvel com energia solar consegue uma avaliação de mercado mais alta. 

De um jeito ou de outro, a energia limpa atrai pessoas que não se importam de pagar um pouco mais, desde que a construção esteja em harmonia com o ambiente.

Desse modo, estima-se que uma propriedade com painel de energia solar tem seu valor de mercado valorizado em até 30%. 

Se for preciso se desfazer do imóvel no futuro a venda é quase uma certeza, pois a tendência é que a energia solar se popularize cada vez mais nas próximas décadas.

Economia na conta de água

Surpreendentemente, um imóvel com energia solar gasta menos água no dia a dia. Isso é possível pois a corrente contínua, necessária para que o painel solar funcione, usa uma bomba d’água solar que faz reuso da água da chuva.

Dessa maneira, é comum usar a água de reuso da chuva para limpeza de pisos e áreas externas e até mesmo a criação de hortas e jardins.

Toda essa engrenagem reduz o uso da água potável fornecida pela empresa concessionária de água.

Conta de energia sem o acréscimo das bandeiras tarifárias

Quem tem imóvel que usa energia elétrica sabe que a cada bandeira tarifária o valor da conta terá valor diferente.

No Brasil, conforme as condições climáticas diminuem o acúmulo de água nos reservatórios, a energia elétrica pode se tornar mais cara. Essa sinalização acontece com a mudança de bandeira tarifária.

Em situações com bandeira vermelha dois, o valor do custo extra ao consumidor pode chegar a R$9,795 por 100 KWh.

Essa preocupação de ter a conta alterada no final do mês não acontece quando a sua construção usa energia solar.

Afinal, quem produz sua própria energia fica livre do adicional das bandeiras tarifárias na conta de luz. Com isso, você sabe que irá pagar sempre o mesmo valor, sem sustos na época de seca. 

Minimiza a degradação do meio ambiente

Ao contrário de outras fontes de eletricidade, a energia fotovoltaica tem como principal característica o fato de não produzir gases em sua operação.

De fato, a energia solar é uma das poucas que ajuda a reduzir os impactos do efeito estufa nas grandes cidades.

Preparar a sua construção para ter energia solar é contribuir para que os impactos do aquecimento global sejam minimizados dia após dia.

Durabilidade por décadas

Quando feita por uma empresa de alto padrão, a produção de energia fotovoltaica pode acontecer por até 25 anos com o mesmo painel solar.

Com toda a certeza, o melhor telhado para energia solar é que vai assegurar que o investimento com a energia dure por mais de duas décadas. 

Como preparar sua construção para energia solar?

projeto de casa e etapas de preparo para instalar placas de energia solar

Com uma equipe especializada você pode instalar energia solar em qualquer tipo de construção. No entanto, quando a obra ainda está na fase inicial é mais prático fazer o serviço.

Se acaso está pensando em construir e usar energia fotovoltaica no imóvel, veja agora como preparar o espaço para que isso aconteça da melhor forma possível.

Verifique se o telhado possui tamanho compatível com o sistema de energia solar desejado

A princípio, o telhado ou laje onde o painel solar será instalado precisa ter espaço livre de, no mínimo, 10.5m². Esse é o tamanho de um sistema de energia solar residencial com potência de 1.5 KWp.

Quando a construção é comercial, a potência mínima sugerida é de 50KWp. Um sistema com essa potência precisa de, ao menos, 400 m² para sua instalação.

Escolha uma cobertura que seja capaz de facilitar a fixação do sistema fotovoltaico

O melhor telhado para energia solar é o que usa telha shingle. Só para ilustrar, esse tipo de telha é feito com fibra de vidro, manta asfáltica e rocha vulcânica.

Do mesmo modo, telhas metálicas, termoacústicas ou trapezoidais também são superfícies recomendadas para sistemas de produção de energia solar.

Assim sendo, preparar sua construção para energia solar inclui escolher um tipo de cobertura eficiente.

Escolha uma parte do telhado que esteja virada para o norte

O lado norte é o mais eficiente para a produção de energia solar.

Consequentemente, o ideal é que sua construção seja planejada para a instalação do painel solar desse lado.

No mais, a inclinação do telhado deve ser igual a latitude.

Todavia, se a inclinação não puder ser exatamente igual à latitude, a dica é escolher um local onde haja maior incidência da luz solar. 

Planeje o layout dos painéis em números pares

A forma mais eficiente de configurar o inversor fotovoltaico é usando números pares de painéis de energia.

Em suma, os números mais usados nas construções são 72 células ou 60 células.

A diferença entre eles é a potência.

Com 72 células é possível encontrar painéis com 330 até 375 Watts. Painéis com 60 células são de 270 a, no máximo, 290 Watts. 

Calcule se o peso do painel não irá sobrecarregar a estrutura do telhado

Como dito anteriormente, há tipos de telhas que se adaptam melhor à instalação do painel solar.

Assim, quem possui telhado com outro tipo de cobertura deve verificar se há necessidade de reforço na estrutura.

A maioria dos painéis para energia fotovoltaica possui 15 kg/m².

Proteja o inversor da umidade e da luz solar

Mesmo que existam opções de inversores que podem ficar ao ar livre, proteger esse componente pode fazer a diferença na produção de energia limpa.

Além disso, o inversor deve estar próximo do quadro de energia solar.

Tal localização favorece a manutenção da rede de produção de energia solar e aumenta a durabilidade do equipamento.

Crie um eletroduto e uma caixa independente do quadro de energia

Todo o circuito do inversor até o painel solar deve ter sua fiação separada e identificada após sua construção.

Para áreas residenciais o eletroduto pode ser feito usando 4 cabos de 6mm.

De acordo com o projeto, o eletroduto pode ser embutido com o auxílio de um conduíte.

Essa medida de segurança é importante já que toda a produção de energia causa alta voltagem durante sua execução.

Providencie o aterramento do sistema  no telhado 

Tal como qualquer instalação elétrica em uma casa ou indústria, o sistema fotovoltaico deve ter aterramento.

Escolha um ponto de aterramento no telhado para o sistema.

Logo depois de fazer o aterramento dos painéis de produção de energia solar, faça o aterramento da estrutura à malha de aterramento residencial ou industrial.

É caro preparar sua construção para energia solar?

Em uma obra, a construção e implantação de um sistema fotovoltaico representa apenas 4% do custo total do empreendimento.

Portanto, ter energia solar no seu imóvel é totalmente viável. 

Pensando em um investimento a longo prazo, o valor gasto acaba sendo diluído com a economia no consumo de energia e uso de água que terá contas com valor reduzido por aproximadamente 30 anos.

Onde fazer um painel solar fotovoltaico em BH?

Portanto, está construindo ou reformando em Minas Gerais?

A Provenner Engenharia possui serviço de energia fotovoltaica com kit energia solar residencial e projeto de energia solar para empresas de pequeno e médio porte.

A equipe multidisciplinar da Provenner possui o conhecimento e experiência necessários para preparar sua construção para energia solar sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda? Converse conosco
Rolar para cima