Energia solar fonte de economia: verdade ou mito?

Energia solar fonte de economia? Isso é verdade mesmo?

A dúvida é comum, afinal em tempos como os atuais com tantos gastos e elevação nos preços quem é que não deseja ter uma economia na conta de luz, não é mesmo?

Para te ajudar a esclarecer essa dúvida, preparamos esse conteúdo. Confira!

Como o sistema de energia fotovoltaica fonte de economia funciona?

Antes de qualquer coisa, vamos te explicar como a energia solar funciona. Certamente, você já deve ter visto algumas placas que são instaladas nos telhados de casas, escritórios, entre outros.

Pois bem, esse é o sistema fotovoltaico. Cada uma dessas placas conta com células solares e materiais semicondutores. No momento que as partículas de luz estabelecem um contato com os átomos que integram as placas há uma movimentação que resulta em uma corrente elétrica.

Feito isso, essa energia é transformada de corrente contínua em corrente alternada, pois é ela que faz com que os eletrodomésticos e demais itens que precisam de eletricidade funcionem.

Depois de entender o funcionamento, certamente você deseja saber se é mesmo possível classificar a energia solar fonte de economia.  Isso de fato ocorre, porque por meio do sistema, a própria casa passa a gerar a energia que ela precisa para que todos os seus equipamentos funcionem.

Sem contar que o que não é usado acaba sendo repassado para a concessionária. Assim, além de ter uma redução considerável em sua conta, você ainda ganha um bônus, porque a energia que foi gerada além vai para a operadora do serviço e ela devolve o montante a mais em créditos. Imagina isso?

Diante disso é sim possível ter economia conta de luz, pois a empresa que faz um projeto levando em consideração o que sua família usa saberá instalar um sistema que vai, de fato, resultará na redução com os gastos.

Mas, o que são esses créditos que a concessionária concede?

A pessoa que busca a energia solar precisa entender que existem dois sistemas que são o conectado à rede (on grid) ou o autônomo, que armazena a energia em bateria (off grid).

Na primeira opção, a conexão é feita diretamente com a rede administrada pela concessionária. Assim, quando há energia gerada a mais pelo sistema da pessoa, ele é encaminhado para a rede e a partir disso, os créditos aparecem.

Apesar de alguns acharem, esse crédito não será revertido em dinheiro, mas vai gerar desconto na conta de luz e ele deve ser usado em até 60 dias. 

Com isso, a tendência é que sua conta tenha uma redução de valor considerável ou até mesmo venha zerada. Já imaginou essa possibilidade de deixar de gastar, por exemplo, 500 reais por mês? Sim, é possível que isso aconteça quando a energia solar é usada.

Além disso, não vai ser só a unidade que tem o sistema fotovoltaico que vai ter o desconto. Se a pessoa tiver em seu nome mais um escritório ou uma loja, por exemplo, e estiverem na mesma área de concessão, a vantagem é estendida. Essa ação é chamada de auto consumo remoto.

Sem contar que, em dias chuvosos ou no período da noite, essa energia que foi gerada a mais pode ser utilizada, mas isso só acontece quando o sistema não atende a demanda da unidade consumidora, contudo essa situação raramente acontece.

Já no sistema chamado de off grid, existem baterias interligadas e a energia é armazenada diretamente nelas. Sendo assim, quando precisa, a pessoa usa o que está “guardado”.

Qual é o investimento para ter economia conta de luz?

Agora, quem deseja ter economia conta de luz também deve querer saber quanto será necessário investir para depois colher os frutos. O custo em média para uma casa que tem três quartos pode ser de até uns 25 mil reais.

Calma, não se assuste, atualmente os bancos têm oferecido financiamento a longo prazo para quem deseja apostar neste tipo de investimento.

Energia solar fonte de economia é verdade e não mito!

 Ainda não se convenceu? Então, vamos terminar esse artigo pontuando como a energia solar fonte de economia é verdade e não mito. Para começar, você precisa lembrar que estamos falando de uma energia que é limpa, renovável, inesgotável e está acessível.

Outro fator que gera a economia é justamente o fato dela ter uma vida útil longa que pode ultrapassar os 25 anos. Mais um ponto positivo está a baixa manutenção e a geração de créditos.

Viu só como é possível afirmar que, de fato, há economia? Além de pensar no seu bolso, apostar na energia solar ainda é um meio eficaz para que você dê a sua contribuição ao meio ambiente, afinal quem é que não precisa dele, não é mesmo?

Por isso, entre em contato agora mesmo com a nossa equipe, tire todas as suas dúvidas e venha ter um projeto eficiente!

VEJA TAMBÉM:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda? Converse conosco
Rolar para cima